«

»

Em plena crise câmara de Taubaté é a campeã em gastos na RMVale

Diego Fonseca o presidente campeão em gastar o dinheiro público

Vereador Diego Pre, o presidente da Câmara que mais gasta na RMVale
Câmara de Taubaté gasta 780% a mais que a de S.José, e 1.770% mais que a de Jacareí com viagens

A Câmara de Taubaté gastou
R$ 204.034,94 com viagens oficiais em 2017, sendo R$ 19.295,84 para despesas de vereadores e
R$ 184.739,10 em diárias de servidores;
na de São José dos Campos os gastos somaram R$ 23.144,11,
e na de Jacareí, R$ 10.904,46

A Câmara de Taubaté, comandada pelo vereador Diego Fonseca gastou com viagens oficiais no ano passado 781% a mais do que a de São José dos Campos, e 1.771% a mais do que a de Jacareí.

O levantamento foi feito  com base nas diárias pagas aos servidores e no ressarcimento de despesas dos vereadores das três cidades da RMVale  em 2017.

Em Taubaté, o gasto total foi de R$ 204.034,94. Desse montante, R$ 19.295,84 foram pagos aos parlamentares para ressarcir despesas, principalmente com alimentação. Os R$ 184.739,10 restantes foram pagos em diárias para os servidores, entre assessores dos vereadores, funcionários administrativos e motoristas.

Em São José, o gasto ficou em R$ 23.144,11 no ano passado, sendo R$ 2.054,11 para ressarcir despesas de vereadores e R$ 21.090 em diárias de servidores.

Em Jacareí, o gasto total com viagens em 2017 foi de R$ 10.904,46, sendo R$ 377,46 para ressarcir despesas de parlamentares e R$ 10.527 em diárias de funcionários.

O abismo entre os gastos pode ser explicado por dois fatores: a discrepância no número de viagens em cada cidade e a grande diferença entre os limites de despesas.

Em Taubaté, por exemplo, das 498 viagens oficiais feitas no ano passado, em 122 os vereadores solicitaram ressarcimento de despesa. Além disso foram pagas 1.005 diárias no período, cada uma de R$ 183,82.

Já em São José dos Campos, apenas sete viagens dos vereadores tiveram ressarcimento de despesas. Já as diárias para os servidores variam entre R$ 15 e R$ 30.

Em Jacareí, somente uma viagem oficial de parlamentares teve ressarcimento de despesas. A diária para os servidores varia de R$ 33 a R$ 66.

AÇÃO/ O jornal que circula no município de Taubaté “Gazeta”  move desde setembro de 2017 uma ação na Justiça contra a Câmara de Taubaté para obter acesso aos relatórios de viagens dos vereadores, que contêm as notas fiscais apresentadas para ressarcir as despesas.

O dado havia sido solicitado anteriormente ao Legislativo, com base na LAI (Lei de Acesso à Informação), mas foi negado.

O processo está concluso desde o último dia 8 ao juiz Paulo Roberto da Silva, da Vara da Fazenda Pública, à espera de sentença. Diz o ditado popular “Quem não deve não teme”.

E não há razão para esconder os documentos de interesse da população.

Link permanente para este artigo: http://jornalviavale.com.br/em-plena-crise-camara-de-taubate-e-a-campea-em-gastos-na-rmvale/