«

»

CAÇAPAVA EM DEBATE – CLÓVIS CUNHA

Prefeito Fernando Diniz e a primeira dama Débora Intrieri Diniz

Uma primeira dama impávida

A campanha contra o prefeito de Caçapava promovido pela Rádio Capital continua a todo vapor. Dois covardes e desrespeitosos radialistas passam duas horas e meia, mais ou menos, e de segunda a sexta vociferando asneiras contra o prefeito, e agora também, contra os vereadores que, eleitos pelo povo caçapavense para julgar casos como este, não concordaram com as acusações urdidas pela rádio e por alguns vereadores ligados ao ex-prefeito Henrique Rinco. Esses vereadores que deram voto contrário, são caçapavenses experientes, e sabem que a origem dessas acusações é absolutamente duvidosa e o interesse é o de sempre, extorsão política.
Nesta terça-feira (23) a dupla de covardes e desrespeitosos radialistas resolveram atacar a primeira dama de Caçapava e como sempre, com palavras fora do contexto e cheias de grosserias.
Mulher intrépida e principalmente, de boa formação cultural, além do excelente trabalho social que faz em Caçapava, a primeira dama, esposa dedicada e esteio do prefeito, sai de peito aberto contra esse mau-caratismo midiático que tanto perturba o bom andamento administrativo da cidade.
Disse a primeira dama no Facebook: 
“Radialista promove a discórdia na cidade, ofende os políticos que não se rendem ao banditismo deles, tenta manipular as pessoas, trabalha contra o governo e tem apoio da oposição, que quanto pior melhor pra eles que vivem da política podre. Caçapava precisa se unir contra essa política suja que atrapalha o desenvolvimento da cidade. Passaram 4 anos em silêncio e a cidade estava abandonada. Onde estavam que não reclamavam da saúde, da empresa de saúde da época, das escolas abandonadas, dos bairros sem asfalto que esperavam há 30 anos de ajuda? E agora esse terrorismo contra o prefeito? Que perseguição é essa?” 
É obvio que esses farsantes políticos jamais compreenderão que para ser defendido por uma esposa tão aguerrida é preciso ter um caráter de qualidade.
Eles não sabem. Por isso a indignação!

Link permanente para este artigo: http://jornalviavale.com.br/?p=17508